Inícioandar a pé muda tudo
Arquivo

Caminhar tem o efeito de nos animar, mesmo quando não estamos à espera disso

[vc_row css=".vc_custom_1471128348224{margin-right: 30px !important;}"][vc_column][vc_empty_space][vc_column_text] Estudo científico de Stanford mostra que andar a pé reforça a inspiração criativa [/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]“Todas as verdadeiramente grandes ideias surgem enquanto caminhamos”, observou Nietzsche. Henry Thoreau corroborou esta afirmação ao contar a experiência pessoal: “quando as minhas pernas começam a mexer-se as ideias começam a fluir”. Charles Dickens fazia

Como compensar oito horas numa cadeira ou num sofá? As conclusões deste estudo apontam para metas mais largas que os mínimos recomendados pela OMS: uma hora de exercício diário compensa os efeitos nocivos de oito horas de paragem numa cadeira ou sofá.

Walking mindfulness é um modo de, através da caminhada, melhorar a experiência de meditação plena – portanto, de libertação de preocupações. A experiência de caminhar torna-se o nosso foco. Temos a meditação facilitada pelo caminhar.

Uma equipa de investigadores em Ciências de Saúde Pública, na University of Miami Miller School of Medicine, conduziu um estudo focado precisamente nos benefícios da deslocação das reuniões de trabalho dos gabinetes para uma caminhada.

Pin It on Pinterest